Everything Will Be Alright - Capítulo 24




▬ Rana apenas observava o teto de seu quarto, entediada, quando recebera uma mensagem. ▬

De: O Topetudo Gostoso;
Oi. To aqui na porta da sua casa. Pode vir me atender?”

▬ Rana imediatamente abre seu típico sorriso espontâneo e corre escada a baixo, abrindo a porta rapidamente ao chegar na mesma. ▬

Zayn: Bom dia! – sorriu tímido.
Rana: Bom dia – desejou, feliz até demais. – Entra – pediu, tentando contar um sorriso enorme que pedia pra sair.
Zayn: Eu... quero conversar.
Rana: Percebi – riu, divertida. – Mas sobre o que?
Zayn: Sobre o beijo. Era mesmo você lá no Baile?
Rana: Sim. Por quê?
Zayn: Bem... Digamos que eu... Eu apenas... Eu só...
Rana: Não enrola, Zayn. Só estica – pediu, ainda com seu tom divertido.
Zayn: Bem... Não quero dar uma de Harry, mas... preciso dizer pra esquecer.
Rana: An?
Zayn: Esqueça o beijo. Aquilo foi errado.
Rana: Não. Não vai dar pra fazer isso.
Zayn: An?
Rana: Eu nunca fiquei pensando naquele beijo. Como iria esquecê-lo?
Zayn: Então... você não gostou?
Rana: Ahm... Não é que eu não tenha gostado. É que eu só não fiquei pensando nele dia e noite. Puft! Patético isso – mentiu. Rana pensara naquele beijo o tempo todo. Não parava sequer um dois segundos.
Zayn: Bem...
Rana: Bem, bem, bem. Pare com essa maratona de “bens” e fale de uma vez o que quer.
Zayn: Só quero que nada interfira na nossa amizade. Tipo, nos conhecemos há pouco tempo, mas eu e os rapazes gostamos muito de todas vocês. E eu...
Rana: Você amou conhecer a Alice – disse cabisbaixa.
Zayn: Erm... Por aí – mordeu o lábio inferior.


Rana: Boa sorte! – desejou tristonha.
Zayn: - riu abafado – Valeu! – agradeceu tímido.
Rana: Nada.

▬ Aquilo deixara Rana dilacerada. Zayn continuara em sua casa, conversando com a garota, que tentara ao máximo esconder suas lágrimas até ele ir embora. Após ir, Rana escora-se pela porta, e chora. ▬


▬ A tristeza era tão grande, que fez com que Rana tomasse uma decisão. ▬

Não, Rana. Pare de chorar! É isso que as pessoas querem. Te ver chorar. Você nunca mais será pisoteada. Nunca mais será aquela garota frágil que todos conhecem. Basta mudar, e você será mais superior do que já é”, pensava.

•••
▬ A campainha soara e Alice quem fora atender. ▬

Alice: Oláá! – sorriu simpática. – A que mereço esta visita agradável?
Zayn: Ah! Queria saber se queria jantar comigo , hoje à noite.
Alice: Ah... – espantou-se. – É que... Não posso – lamentou.
Zayn: Como “não”?
Alice: É que... Eu to com um probleminha.
Zayn: E qual é?
Alice: Ah...

▬ Quando Alice estava prestes a inventar uma desculpa, recebe uma mensagem. ▬

De: Rana;
Vai geral se foder!

▬ Alice leu a mensagem incrédula, e ficou boquiaberta. Mas logo se recompôs, pois Zayn a olhava, curioso. ▬

Alice: Quer saber!? Vou sim...

 Mais tarde

▬ Pelo jeito, aquele era o dia das mensagens para Verginia. Harry não parava de mandar mensagens a ela. Tais como “Posso dizer do que mais gosto, mas inclusive posso dizer do que meus olhos gostam; eles gostam de te admirar”, “A última coisa na qual desejo neste momento é não te ver”, mas esse Verginia manifestou-se. Ela respondera “então não me ver está na sua lista de desejos”. Mas ele era muito persistente. ▬

Vivi: Merda, Harry! Me deixa em paz – urrou a si mesma.

De: Idiota puto;
Eu deixaria, se você me perdoasse

Vivi: Como... ? – Verginia fora interrompida por três batidinhas na vidraça da porta de sua sacada. – Idiota, o que faz aqui?
Harry: Abre a porta.
Vivi: Não. Vá pra casa. São nove da noite.
Harry: Ta cedo. E eu disse pra você que não iria desistir.
Vivi: Vai – insistiu.
Harry: Não. E tira esse bico do rosto. Sorria.
Vivi: Há. Eu iria sorrir horrores se você fosse embora.
Harry: Não. Tenho uma ideia melhor.
Vivi: - suspirou – O que você colocou nessa sua cabeça, hein?
Harry: Eu vou puxar um sorriso seu. Nem se for apenas um.

▬ Harry começara a fazer suas palhaçadas. ▬

Vivi: O que você ta fazendo?


Harry: Já me viu dançar assim? Aposto que já – parou. – Aahmm! Ah!

▬ Harry saíra a procura de algo pelo chão da própria sacada. Achou umas quatro pedras, tamanho médio e começou com seu típico malabarismo. ▬

Harry: Bem – disse, sem desviar seus olhos da garota, mas sem parar – eu não tenho as bolas especiais pra isso aqui comigo. Então essas pedras servem. Mas ta okay. Elas medem minha força. Estão leves. Mas pelo tamanho dá pra ver que alguém frágil não conseguiria fazer o que estou fazendo.
Vivi: Impressionante – “elogiou”, irônica.
Harry: Como consigo fazer isso?
Vivi: Não. Como consegue se sentir superior a tudo.
Harry: Qual é. Tenho que te agradar de alguma forma.
Vivi: Ta tentando me agradar?
Harry: Ué. Não percebeu?

▬ Sem perceber, Verginia abrira um lindo sorriso. ▬


Harry: Porra! – Fora o suficiente para tirar Verginia do transe.
Vivi: O quê?
Harry: Era só dizer algo fofo pra te fazer sorrir? Que merda, hein.


Harry: Por favor. Me deixa entrar.
Vivi: Harry, não.
Harry: Bem rápido. Bem rápido mesmo.

▬ Verginia bufa. ▬

Vivi: Ta bom – encaminha até a porta e abre-a.

Restaurante

▬ Zayn chegara atrasado ao seu “encontro”. Alice esperava impaciente por ele, já em uma mesa qualquer. Zayn chegara por trás da garota, tapando-lhe os olhos. ▬

Alice: Quem mais poderia estar tapando meus olhos neste momento, se eu apenas marquei com um tal Zayn Malik por aqui. Oh, meu Deus! – disse, divertida.
Zayn: Verdade. Desculpa.
Alice: Não pre... – Ao deparar-se com rosa linda na mão de Zayn, Alice fica boquiaberta. – Nossa! Que rosa mais linda!
Zayn: É sua - entrega-lhe.
Alice: Obrigada – Os olhos de Alice já brilhavam.
Zayn: Então... Não sei se escolhi a rosa certa, mas... Ta aí.
Alice: Não se preocupe com a rosa. É linda! Acredite. – Alice deixara a rosa de lado, cuidadosamente, e voltara sua atenção ao rapaz, que acabara de sentar a sua frente. – Então. Por que me convidou, exatamente?
Zayn: Achei que deveríamos nos conhecer melhor.
Alice: Tipo; só eu?
Zayn: É. Q-quero dizer... Como? – interrogou, confuso.
Alice: Ah, tem a Chel, a Rana, a Vi, e, claro, minha prima. Por que só a mim?
Zayn: Ah! É que eu vou deixar pra conhecê-las melhor mais tarde. Você é mais... – procurou a palavra certa – precisa.
Alice: - sorriu – Não entendi.
Zayn: Digamos que fiquei mais ansioso em relação a você. Pronto, falei.
Alice: Ah... Legal. – Por mais que demonstrasse choque em seu rosto, Alice estava alegre.

▬ E assim, Zayn e Alice jantam, conversam, brincam, etc. Resumindo: se conheceram melhor. ▬

•••
Harry: Já sei... Sabe por que a capivara não tem um desses cinco dedos? – gesticulou com seus dedos, mostrando eles e balançando, pra frente e pra trás.
Vivi: Não. Por quê? – perguntou, um tanto entediada.
Harry: Porque eles são meus – disse e caiu na gargalhada.

▬ Verginia continuara séria. ▬

Harry: Nem um sorriso? Então, vamos lá. Vou ter que apelar pras cócegas mesmo.

▬ Após dito, Harry fê-lo. Pôs suas mãos na barriga de Verginia e ali começara a provocar suas cócegas, mas nada dela rir ou ao menos sorrir, por mais que quisesse. ▬

Vivi: Para, Harry. Harry... para. É sério. Harry, eu vou.. Ah – Pronto. Agora sim ela se matou de tanto rir.
Harry: Você ta é amando.
Vivi: Vou te matar quando parar.
Harry: Ih! Olha que eu nem vou.
Vivi: Idiota! Filho da p...
Harry: Respeito a sua futura sogra, Directioner – interrompeu, brincalhão.
Vivi: Ah, e nesse caso, nem sou mais.
Harry: Como? – parou.
Vivi: Há! Te peguei – levantou-se de sua cama.
Harry: Argh! Burro – vociferou.
Vivi: Concordo – brincou.
Harry: Ei...

▬ Verginia saíra correndo de seu quarto, gritando como se estivesse sendo perseguida por alguém. Harry saíra correndo atrás dela. ▬

Harry: Ah, então quer brinca de esconde-esconde – Harry praticamente berrava, para que Verginia pudesse ouvi-lo seja onde estivesse. – Tudo bem. Vamos começar com a brincadeira.

▬ Verginia só ria com a mão em sua boca. ▬

Harry: One, two, Harry’s coming for you...

▬ Aquilo causou mais gargalhada da parte de Verginia. ▬

Harry: Three, four, better lock your door... Five, six, Grab your crucifix... Seven, eight, and stay awake... Nine, ten...

▬ Silêncio. Nada mais se ouvia em nenhum canto. E do nada... um celular toca. Era o de Harry. ▬

Harry: “Alô? ... Não, com uma amiga... Sim, é um pouco... Agora? ... Não, problema nenhum. É que... Okay... Okay... Amanhã? ... Okay... Tchau... Também te amo! – disse ao celular.

▬ Verginia saíra de baixo da cama, onde estava – cujo quarto é de Jady - , onde Harry também estava, o que o deixou assustado. ▬

Vivi: ... Never sleep again – Sua voz saíra calma, suave. E... triste? – Vai sair?
Harry: Ficou triste, agora? – brincou.

▬ Ela não sabia o que responder, e ele percebeu isso. ▬

(alá, cara! como pode ser tão idêntico ao Mick Jagger, cara, pô?)

Harry: Não. Agora, não – respondeu, sincero.
Vivi: Já pode ir embora da minha casa? – Sua voz saíra embargada, o que estava sendo estranho.
Harry: O que houve?
Vivi: Nada – franziu o cenho.
Harry: Espero mesmo... Quer continuar. Acho que agora eu posso.. A propósito, onde estão seus pais?
Vivi: Saíram. Hoje é aniversário de casamento deles. Nesse momento eu estaria com minha irmã Jady, mas ela foi dormir na casa de uma amiga. Disse que queria a casa só pra mim.
Harry: Deveria ter previsto que eu estaria aqui.
Vivi: Na boa, Harry, vai embora.
Harry: Falei algo errado?
Vivi: Sim. Vai embora.

▬ Ele nada disse. Apenas deu mais um passo a frente, cruzou os braços e a encarou desafiadoramente. ▬

Harry: Não.

________________________________________________

Bem, postei hoje pois provavelmente não postarei amanhã. E vocês foram rápidas, hein. Muito obrigada!! Ah, e eu pude perceber (claro sua doida!) que um boy comentou o Capítulo anterior. Olááá!! ~joga cabelo, rs’.

E vou repetir, Rachel e Nathy não ficarão com ninguém, okay? Aliás, eu só coloquei minha amiga Nathalie aqui, porque eu tinha que completar as meninas, pra ficarem cinco certinhas. Mas como só consegui três, decidi me colocar e colocar uma amiga minha. Huuu!!

Pergunta: Zayn está sentindo algo a mais por Alice? Vocês saberão no próximo Capítulo, em “Everything Will Be Alright” – credo! Só pra deixar claro, eu odeio isso. Mas acho fofo quando minhas leitoras escrevem, rsrs’. Né Jessi, rs’.

É isso!!

Amo vocês!!

________________________________________________

(é, Hazza já tem 21 - ou 22 - tatuagens)

________________________________________________

“Porque eu quero te envolver. Quero beijar seus lábios. Eu quero fazer você se sentir desejada. E eu quero chamá-la de minha. Quero segurar sua mão pra sempre. Nunca deixá-la esquecer. Sim, eu quero te fazer se sentir desejada” , Wanted – Hunter Hayes.

12 comentários:

  1. éee kkkkkkkkkkkkk
    hot hot hot hot hot
    n quero que zayn fique com alice
    e sim com rana

    ResponderExcluir
  2. vo dar uma dica sabe ? kkkkkkkkkkkk
    eu prefiria assim tipo
    rana tivesse um casinho com harry tipo
    se entregasse pra o harry
    dai o zayn quizesse ela e ela n queria corresponder por ele ter o tratado mal antes ou n quizesse slá, harry diz que quer que rana fiquei com zayn e rana fica com zayn '---------'
    seria estranho, mas seria legal e.e
    -Rana aqui

    ResponderExcluir
  3. AAAA EU ESTOU AMANDOOO SUPER....me desculpe nao ter comentado no anterior mas é pq estava fora haha, mas foi liindoo...SUPER CIUMES do que a Rana propos mas tipo se fizesse isso e tal eu proponho que se tivesse essa ficada,como Alice e Zayn,e tal tal, de casais opostos elas so devem se "entregar" msm aos devidos pares,como Rana e Zayn, Verginia e Harry e Alice e Niall..e isso ser so uma ficada, pra nao ficar um clima esquistito de tipo uma das meninas ter ido pra cama com um dos ficantes da amiga haha...ah e gostaria de saber se vcs vira a promoçao no fantastico pra conhecer os minos?? *--* ass: Vivii

    ResponderExcluir
  4. continua
    acho assim
    devia trocar mesmo
    vivi ficaria com zayn , tipo uma ficada
    ou alice slá '='
    e a rana teria uma ficada com harry
    e pra ficar bem legal pooderia ter partes hots
    tipo, das pesadas
    bj continua looooooogo

    ResponderExcluir
  5. teu blog tao perfeito
    amando de mais
    continua pf

    ResponderExcluir
  6. ja comentei em anonimo
    e concordo com a lolfreittas
    bj

    ResponderExcluir
  7. lindo teu blog
    continua amor, leio sempre , nem sempre comento mais, continua !

    ResponderExcluir
  8. bom de mais hem ! continue

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bom de mais? otimo, perfeito !

      Excluir